in

Paroles de DaSilva par Ministério Estratégia

DaSilva _ Ministério Estratégia
🎼

Desde moleque Dasilva garoto diferente
Sonhava em crescer na vida sem ter que matar gente
Sabia que o estudo era a melhor opção
Sabia que a vida do crime caminho do cão
Saía cedo de casa na brisa da manhã
Com uma blusa rasgada desfiada de lã
Seu chinelo de dedo já pedia outro faz tempo
Mas o salário do pai só dava pro alimento
Seguia a vida humilde de certa forma feliz
Estava bem mas não era o que ele sempre quis
Por muitas vezes na classe sua barriga roncava
Porque dinheiro pro leite as vezes não sobrava
Mas DaSilva estudava e tirava as melhores notas
Se destacava entre os outros alunos da escola
E muitos dos seus amigos só viviam na rua
Em meio a drogas doenças crime e falcatruas
E qual seria o futuro daquele garoto
O que o destino planejava pra tanto esforço
A 4ª série ele fechou como o melhor da turma
Só que não teve dinheiro pra festa de formatura
A vida dura fazia ele pensar demais
Resolver trabalhar para ajudar os pais
Vendia bala, chiclete pirulito nos sinais
Ralava o dia inteiro por uns míseros reais
A noite a luta seguia quando ia pro colégio
Ficar acordado só se fosse na base de remédios
O cansaço o prego seria mas uma barreira
Mas Dasilva tá decidido não marcar bobeira
Quando voltava pra casa tinha que ir a pé
Uma hora de caminhada e ele orava com fé
Meus Deus que meu esforço não seja em vão
Que eu alcance a vitória escute minha oração
Chegava em casa tarde bem dizer de madrugada
Dormia algumas horas e o despertador tocava
É hora de trampar, pega as balas e sai
Eu já tô indo bênção mãe bênção pai

Ah
Se o mundo inteiro me pudesse ouvir
Tenho muito pra contar, dizer que aprendi
Ver na vida algum motivo pra sonhar
E ter um sonho todo azul, azul da cor do mar

Num certo dia o barulho tomou conta do lugar
Era a polícia chegando com sede de matar
Invadiu vários barracos a procura de alguém
Coronhadas e tapas em pessoas de bem
Vieram em busca de alguém vieram derramar sangue
Pai de Dasilva confundido com um traficante
Levado algemado depois do espancamento
Pobre coitado inocente agora é detento
E agora o que será do seu pobre menino
Muito cruel a armadilha do destino
E depois disso o garoto não vivia em paz
Mas todo dia Dasilva visita seu pai
Numa conversa franca prometeu fazer justiça
E provaria que estava errada a polícia
Sua mãe sofria chorava já estava com depressão
Pensava no marido aperto no coração
Como sofria vendo a mãe nos cantos do barraco
Já completara 3 anos pai trancafiado
Dasilva quase um homem formou o 2º grau
Prestou vestibular na faculdade federal
E sem fazer cursinho estudando em casa
Aprovado entre os dez primeiros ele estava
Na própria faculdade arrumou um trampo
Bibliotecário um dinheirinho já tava ganhando
Saiu com a mãe da favela pra um lugarzinho melhor
Pertinho de onde estudava longe do crime e do pó
A vida agora parecia estar tomando rumo
Com força de vontade conseguiria tudo

Ah
Se o mundo inteiro me pudesse ouvir
Tenho muito pra contar, dizer que aprendi
Ver na vida algum motivo pra sonhar
E ter um sonho todo azul, azul da cor do mar

O sonho o objetivo era libertar seu pai
Sua mãe sonhava em voltar poder viver em paz
Com a família unida na mesa do jantar
Não dormir mais sozinha sair pra passear
Menino que viu de tudo sofreu muito na vida
Viu pai sendo algemado viu o prato sem comida
Mas nunca desistiu enfrentou tudo com luta
E a conquista viria ele sabia e não muda
Sempre sonhou bem mais alto fácil não foi na verdade
Olha ele futuro advogado na faculdade
Dedicação e empenho sua marca registrada
O fim do sofrimento já se aproximava
Faltava só um ano pra sua formatura
Graças a Deus tava chegando o fim da tortura
Se lembrava dos tempos que vendeu bala nos sinais

Quando passava fome quando prenderam seu pai
Ferimentos que deixaram e não somem jamais
Cicatrizes que ficaram na alma do rapaz
O dia tão esperado enfim o Sol nasceu
Ele se pôs de joelhos e agradecia a Deus
No fim daquele dia seu nome mudaria
Dr. Dasilva era como era como ele se chamaria
Logo no outro dia já entrou na justiça
Reabriu o caso do pai provou o erro da polícia
Com alguns dias a sentença foi modificada
E o sonho de Dasiva agora concretizava
Foi para cela onde se encontrava o seu pai
Com os olhos cheios d’água alegria demais
Meu pai eu te prometi e hoje vim te pagar
Eu sou seu advogado e vim te libertar!!!

Ah
Se o mundo inteiro me pudesse ouvir
Tenho muito pra contar, dizer que aprendi
Ver na vida algum motivo pra sonhar
E ter um sonho todo azul, azul da cor do mar

  • Titre la chanson : DaSilva
  • Par : Ministério Estratégia
  • Hashtags populaires : #DaSilva

On vous invite à partager les paroles avec vos #amis sur Facebook et Snap 🎵 !

What do you think?

98 Points
Upvote Downvote

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée.

It's All Right

Paroles de Reflexo par Anselmo Rodrigues (lyrics)

Qui est ce gars?  Il était une star d'Hollywood, s'habiller en femme lui a sauvé la vie et il aimait chacune de ses six femmes

Qui est ce gars? Il était une star d’Hollywood, s’habiller en femme lui a sauvé la vie et il aimait chacune de ses six femmes