in

Paroles de O Fato par Maria Dapaz

O Fato par Maria Dapaz
ūüéľ

Era uma reza pro santo
Correndo entre os dedos das m√£os
Ros√°rios de Ave Marias
Pros ais de desolação

Que os olhos denunciavam
Que a boca balbuciava
Mas quem ouviu, n√£o ouviu
Cala-te boca, Jo√£o

Se fez de ira e morte
Jurou com toda raz√£o
Quebrou o santo de barro
E tomou firme do fac√£o

Gritou no meio da rua
Atiçou a multidão
Mas quem ouviu, n√£o ouviu
Cala-te boca, Jo√£o

Que o fato
Já foi até publicado
E o teu retrato falado
Pelas avenidas
Se espalham no ch√£o

E s√£o cartazes
Com somas consider√°veis
Tua cabeça é de ouro
Tem nego de olho
Cala a boca, Jo√£o

Que o fato
Já foi até publicado
E o teu retrato falado
Pelas avenidas
Se espalham no ch√£o

E s√£o cartazes
Com somas consider√°veis
Tua cabeça é de ouro
Tem nego de olho
Cala a boca, Jo√£o

Que o fato
Já foi até publicado
E o teu retrato falado
Pelas avenidas
Se espalham no ch√£o

E s√£o cartazes
Com somas consider√°veis
Tua cabeça é de ouro
Tem nego de olho
Cala a boca, Jo√£o

Cala a boca, Jo√£o
Cala a boca, Jo√£o
Cala a boca, Jo√£o
Cala a boca, Jo√£o

  • Titre la chanson : O Fato
  • Par : Maria Dapaz
  • Hashtags populaires : #Fato

On vous invite √† partager les paroles avec vos #amis sur Facebook et Snap ūüéĶ !

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

It's All Right

Paroles de A Picture Of You par Johnny Reid (lyrics)

It's All Right

Paroles de Andoromeda par Kay Trashu (lyrics)